16 de junho

GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais
Maria da Penha ONLINE Governo do Distrito Federal
10/10/23 às 11h23 - Atualizado em 10/10/23 às 11h23

GDF mobiliza equipes para reduzir danos causados pelas chuvas

COMPARTILHAR

O Governo do Distrito Federal (GDF) mobilizou mais de 150 servidores para minimizar os estragos causados pelas chuvas registradas na última sexta-feira (6) em Ceilândia, Sol Nascente e Samambaia. As equipes destacadas foram compostas por trabalhadores do Serviço de Limpeza Urbana (SLU), da Companhia Urbanizadora da Nova Capital (Novacap), do programa GDF Presente e das administrações regionais. O trabalho também contou com o apoio do Corpo de Bombeiros, da Polícia Militar e da Defesa Civil.


Equipes de órgãos como o SLU e a Novacap trabalham nas áreas mais afetadas pelas chuvas, em que foram registradas situações como queda de árvores e destelhamento de casas | Fotos: Divulgação/SLU

Em Ceilândia, as regiões mais afetadas foram nas quadras QNP 14 e 34, além das QNN 23 a 25. Equipes trabalharam na remoção de galhos e árvores caídas, desobstrução de bocas de lobo, limpeza das vias no P4 e P5 do Setor P Sul, no Condomínio Privê, na QNN 9, na Área Especial da QNN 28, próximo ao condomínio Zélia Malacan, em outros locais pontuais.

“Também fizemos o monitoramento da situação na QNR, para checar se havia algum tipo de dano na região, e na marginal da BR-070, próximo à QNO 7”, conta o diretor de Obras da Administração Regional de Ceilândia, Sérgio Barbosa.

Já em Samambaia, as áreas mais afetadas pelas ventanias foram a QR 419, a QR 421 e a QR 619, em que há registro de destelhamento de casas e quedas de árvores. O administrador da cidade, Marcos Leite, afirma que a população está sendo auxiliada e acolhida.

“Estamos trabalhando para ajudar a resolver os problemas, com doação de telhas, além do recolhimento do material danificado. Não podemos prever quando esse tipo calamidade pode acontecer, mas o Governo do Distrito Federal está pronto para ajudar a comunidade”, afirma.


Limpeza de bueiros é um dos trabalhos executados para prevenir problemas causados por chuvas

No Sol Nascente, as principais ocorrências foram registradas na Avenida Principal do Trecho 3 e na Avenida Trem Bom, no Trecho 1. “Tivemos danos pontuais, com a queda de galhos de árvores e a queda de energia, mas já entramos em contato com a distribuidora. A administração segue monitorando todas as quadras, incluindo o Pôr do Sol”, relatou Claudio Ferreira, administrador da região.

O SLU mobilizou 55 garis para limpar as cidades – 40 atuaram em Ceilândia e no Sol Nascente, e o restante em Samambaia. Por sua vez, o Departamento de Parques e Jardins (DPJ) da Novacap também auxiliou na missão com mais de 60 servidores, divididos em seis equipes. Até o momento, foram recolhidas seis árvores em Ceilândia e dezenas de galhos nas outras regiões administrativas.

O chefe do DPJ, Raimundo Silva, afirmou que as equipes estão sempre nas ruas executando serviços de prevenção. “O trabalho preventivo acontece sempre. Esse ano chegamos a quase 90 mil intervenções. Em dias úteis, por exemplo, temos 44 equipes em atuação, somando em torno de 440 pessoas. Então, não conseguimos prever quando haverá ventos fortes acima da resistência da arborização urbana, mas conseguimos preparar a cidade e resolver os problemas quando aparecem”, explica.

Resposta rápida

Para dar celeridade nas respostas em caso de fortes chuvas e outras ocorrências, o GDF editou, no último dia 2, a Portaria nº 89, que dividiu o DF em 15 grupos multidisciplinares e designou responsáveis para a organização e envio de equipes para os locais afetados.

O texto garante a mobilização de profissionais, veículos, equipamentos, maquinários e insumos necessários para o atendimento das ocorrências a qualquer hora do dia, sete dias por semana.

Mapa do site Dúvidas frequentes