27 de maio

GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais
Maria da Penha ONLINE Governo do Distrito Federal
23/08/23 às 15h40 - Atualizado em 23/08/23 às 15h40

Mais de 1,5 mil equipamentos públicos já foram recuperados pelo RenovaDF

COMPARTILHAR

Programa de capacitação profissional promovido pelo Governo do Distrito Federal (GDF), o RenovaDF tem como principal missão qualificar os inscritos para o mercado da construção civil. Mas, para isso, garante outra melhoria para a capital: a recuperação de equipamentos públicos. Isso porque os espaços se tornam a sala de aula dos participantes.

Desde a criação do programa em 2021 até agosto deste ano, foram recuperados 1.507 equipamentos públicos do DF, entre praças, parques, parquinhos, campos sintéticos, quadras poliesportivas e de areia e pontos de encontro comunitário (PECs) em 21 regiões administrativas.


Os mais de 1,5 mil espaços que receberam melhorias pelas mãos dos alunos do RenovaDF fazem parte de um universo de 4 mil equipamentos públicos que devem ser reformados pelo programa | Foto: Arquivo/ Agência Brasília

“A primeira iniciativa do programa é a qualificação profissional. Em que é necessário que seja 100% presencial, ela é feita num equipamento público que tenha apelo social para que seja recuperado. É uma forma de trazer dignidade e ocupação para a própria cidade”, define o secretário de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Renda do Distrito Federal (Sedet-DF), Thales Mendes.

De acordo com o titular da pasta, os mais de 1,5 mil espaços que receberam melhorias pelas mãos dos alunos do RenovaDF fazem parte de um universo de 4 mil equipamentos públicos que devem ser renovados pelo programa nos próximos anos. “Temos muito trabalho pela frente. É claro que tem equipamentos em que fazemos pequenas intervenções e em outros são ações mais robustas. Mas estamos fazendo uma média de 1,1 mil por ano. Esperamos que, este ano, tenhamos ações em 800 a mil equipamentos”, anuncia Mendes.

Entre 2021 e 2022, os equipamentos públicos foram recuperados pelos mais de 12 mil alunos formados no RenovaDF. Neste ano, as intervenções foram feitas pelos mais de 2 mil que participaram do primeiro e do segundo ciclo, além dos atuais alunos, um total de 4,5 mil em atuação pelo terceiro e quarto ciclos.

Repaginação dos espaços

Ao longo dos oito primeiros meses do ano, o RenovaDF passou por regiões como Samambaia, São Sebastião, Cruzeiro, Taguatinga e Plano Piloto. Em Samambaia, a principal intervenção foi no campo sintético da QR 206. A renovação do local de 1.800 metros contou com a participação de 50 alunos, que fizeram a limpeza do espaço, a substituição do gramado e a recuperação do alambrado.


Entre 2021 e 2022, os equipamentos públicos foram recuperados pelos mais de 12 mil alunos formados no RenovaDF | Foto: Geovana Albuquerque/Agência Brasília

No Cruzeiro, a grande intervenção foi feita na Praça do Gavião com a troca dos alambrados, pintura de brinquedos infantis, pintura dos equipamentos e higienização da areia do campo e dos parquinhos. Em Taguatinga, foi a Praça da EQNL 10/12 que foi recuperada. Lá, o alambrado da quadra poliesportiva, bem como as cestas de basquete e os gols, foram reconstruídos e feita a pintura dos bancos, calçadas, área de calistenia, parque infantil e ponto de encontro comunitário (PEC).

Já no Plano Piloto, os alunos atuaram na limpeza e pintura das paredes do viaduto do Buraco do Tatu e da Catedral Metropolitana Nossa Senhora Aparecida, na Esplanada dos Ministérios.

Como funciona o programa

O RenovaDF é realizado pela Sedet-DF em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial do DF (Senai-DF), que é responsável por ministrar as aulas.

A cada ciclo são selecionados alunos para a capacitação no curso de auxiliar de manutenção na área da construção civil. A formação tem duração de 240 horas divididas em três etapas de 80 horas, com 20 horas semanais.

Durante a qualificação, os participantes têm direito a um auxílio no valor de um salário mínimo após a conclusão de cada 80 horas correspondentes, auxílio transporte, seguro contra acidentes e recebimento de certificado.

Mapa do site Dúvidas frequentes