27 de maio

GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais
Maria da Penha ONLINE Governo do Distrito Federal
17/08/23 às 15h20 - Atualizado em 17/08/23 às 15h21

Administração discute sobre  a revitalização e requalificação do Plano Piloto em audiência na CLDF

COMPARTILHAR

A Administração do Plano Piloto participou da sessão de Audiência Pública destinada a promover o aprimoramento da legislação sobre  a revitalização e requalificação da área central de Brasília. A sessão, de autoria da deputada Paula Belmonte (Cidadania), foi realizada no Plenário da Câmara Legislativa do DF.

A audiência também abriu espaço para que os presentes que não compuseram a mesa pudessem falar e expressar suas dificuldades sobre a temática da área central de Brasília . 

Fernando Brites, presidente Associação Comercial do DF (ACDF), ponderou sobre a questão da presença do CAPS Setor Comercial Sul e sobre os impactos do órgão na revitalização do local.


O administrador do Plano Piloto frisou sobre a importância da revitalização do SCS. “O governo do Distrito Federal está sempre trabalhando pelo melhor para o Plano Piloto. A Administração é a gestão de informação que leva as demandas aos órgãos competentes para realizar os trabalhos, junto à comunidade, para trazer a qualidade de vida e das obras realizadas pela cidade. É muito importante essa participação, do legislativo e do executivo juntos”, disse. 

“Não podemos admitir que a população esteja refém do crime e que empresários tenham que fechar as portas, por conta da presença dos criminosos naquele local. A escola e a comunidade também precisam estar envolvidas com os problemas sociais, unidas, além de ser . uma responsabilidade do governo, por meio de suas secretarias, contribuir para avançar na segurança pública. Mas precisamos da contribuição de todos”, disse o secretário de Segurança Pública do DF, Alexandre Patury.

“É uma honra participar desse debate. Nossa Assessoria compõe 20 shoppings da Capital, que estão localizados no Centro de Brasília e  representam 33 mil empregos diretos. Isso faz com que para nós essa área seja, acima de tudo, segura. São 17 milhões de pessoas visitando os shoppings no mês. Essa proximidade que eles têm do SCS  faz com que tenhamos que discutir essa pauta”, disse o Coordenador Institucional da Associação Brasileira de Shopping Centers (Abrasce), Guilherme Otaviano.


A deputada Paula Belmonte disse que essa veritali é necessária, mas que não se pode esquecer da questão humana.  “É uma questão também de saúde publica. Outro assunto importante também é a questão da zona verde e estou aqui para escutar e representar a população do Distrito Federal”, disse.

O Comandante do Exército, Major Almeida Santos, agradeceu pelo convite da deputada Paula Belmonte e falou sobre a importância do contato já mantido com a Administração do Plano Piloto.  “No SCS a polícia é o braço do Estado, 7 dias por semana, sempre presente e disponível para atuar, mas a população é uma questão de problema social e faz com que essa população se aproxime dessa região e estão a gente vê ao longo do tempo que lá era uma situação crítica com tráfico de drogas e melhorou muito”, disse. 

Carlos Alberto, da Novacap frisou sobre o contato com a Administração do Plano Piloto para benfeitorias no Plano Piloto e abordou sobre o projeto de modernização do teatro Nacional. “A gente também trabalha com os permissionários da Rodoviária e tenta enfrentar o vandalismo na região, sobretudo nos banheiros, escadas rolantes e elevadores. A Novacap custeou mais de 10 milhões em revitalização na Rodoviária, precisamos coibir o vandalismo nos equipamentos públicos do DF. Nós também pintamos as passagens subterrâneas e não deu uma semana, já estavam pichadas” desabafou. 

“Parabenizo por esta iniciativa e agradeço pelo convite. Essa temática é importante não só para o DF, mas para o país, com todas as especificidades. Precisamos otimizar os equipamentos públicos, mas sem esquecer da luta diária dos permissionários da Rodoviária, por exemplo. A gente vê esse tema com muito cuidado”,  frisou o secretário de Cultura, Cláudio Abrantes.

A audiência também abriu espaço para que os presentes que não compuseram a mesa pudessem falar e expressar suas dificuldades sobre a temática da área central de Brasília . A sessão finalizou com acordo entre os órgãos, no sentido de buscar trabalhar na resolução dos pontos discutidos na audiência.

Texto: Daniela Uejo
Fotos: Emanuelle Sena

Mapa do site Dúvidas frequentes