27 de maio

GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais
Maria da Penha ONLINE Governo do Distrito Federal
19/05/23 às 11h45 - Atualizado em 19/05/23 às 11h45

Gosta do contato com a natureza e deseja plantar uma árvore? Vem descobrir tudo sobre o assunto!

COMPARTILHAR


Foto: Emanuelle Sena/ ASCOM RA-PP

Brasília é uma das cidades mais arborizadas do país, por aqui temos os lindos ipês, que embelezam a cidade nas cores amarela, roxa e branca. Em Brasília o órgão responsável pelo plantio correto de árvores, bem como manutenção e solicitação de novas árvores é a Companhia Urbanizadora da Nova Capital (Novacap). Já a Administração do Plano Piloto cuida do recolhimento de lixo verde.

Além dos lindos ipês, Brasília também dispõe de quaresmeiras, sucupiras, aroeiras, copaíbas. Lírios, sálvias vermelhas e azuis, zínias, cravos, petúnias, sampatios, iresines, moreias. Anualmente, o Distrito Federal desenvolve mais de 80 espécies de flores, mais de 300 espécies de arbustos, de plantas de sombra e palmeiras, além de mais de 200 tipos de árvores – em que 60% são provenientes do cerrado. Toda a produção é coordenada pela Companhia Urbanizadora da Nova Capital (Novacap), por meio do Departamento de Parques e Jardins (DPJ).


Foto: Joel Rodrigues/ Agência Brasília

Para o Administrador do Plano Piloto as áreas verdes urbanas são de grande importância para aumento da qualidade de vida da população. “A gente vem fazendo um trabalho de zelar pela cidade, ofertando o apoio necessário à Novacap para deixar a cidade mais florida e limpa, além de proporcionar bem-estar às pessoas, por meio do correto recolhimento de lixo verde”, frisa Valdemar.

Porém, algo que poucas pessoas sabem é que tanto o plantio, quanto à poda de árvores devem ser realizados com conhecimento da biologia das árvores, pois podas inadequadas podem criar danos ou até mesmo reduzir o tempo de vida da árvore e o plantio de espécies que não são indicadas às áreas urbanas pode acarretar diversos problemas. Exemplo disso são as árvores plantadas em áreas urbanas, sem o conhecimento necessário, que acabam por quebrar calçadas, pavimentações, cair em cima de carros ou até mesmo atingir pessoas. 

“A Novacap, através do Departamento de Parques e Jardins, é responsável por cuidar da área verde do Plano Piloto, que contém cerca de 1,5 milhão de árvores, além do paisagismo de todo o Distrito Federal. Pedimos que a população evite plantar sem a autorização da Novacap, para que espécies inadequadas não prejudiquem a urbanização das cidades, como calçadas e estacionamentos. Podas de árvores podem ser solicitadas através da Ouvidoria 162, onde um técnico do DPJ faz a análise e demanda a equipe de podas para ir até o local”, explica o presidente da Novacap, Fernando Leite.  


Foto: Emanuelle Sena/ ASCOM RA-PP

Em caso de supressão de árvores, devido a obras existentes, é necessária a apresentação de Alvará de Construção junto à Administração Regional do Plano Piloto. Para a realização de podas de árvores próximas à rede elétrica, a solicitação deve ser feita diretamente à Empresa Neoenergia, através da Central 116.

Quando o indivíduo arbóreo estiver em área pública residencial, o solicitante deverá ser o próprio morador, que pode realizar a solicitação à ouvidoria, por meio do site (www.ouv.df.gov.br), pela Central, no número 162 ou presencialmente, na Administração Regional do Plano Piloto, localizada no Setor Bancário Norte, SBN Quadra 02 Bloco K, 2° subsolo. Caso o morador queira plantas uma árvore próxima à residência, deverá realizar a solicitação de visita técnica da Novacap, para indicar a espécie adequada para plantio. 

 
Foto: Emanuelle Sena/ ASCOM RA-PP

Em caso de solicitação de poda de árvore é necessário anexar, se possível, a fotografia da árvore. O solicitante deverá ser identificado, com nome e telefone, para acompanhamento da vistoria ou para dirimir eventuais dúvidas durante o processo.
A Novacap não vende, nem doa mudas de árvores, pois elas são de uso exclusivo do plano de arborização do Distrito Federal. Já as mudas excedentes de flores e arbustos podem ser doadas, desde que cumpridos os requisitos da Companhia.

Requisitos: o cidadão deve apresentar Ofício ou Carta do Órgão ou Entidade, solicitando a quantidade para doação e sua finalidade. Registrar a solicitação do serviço pelos canais oficiais da ouvidoria (participa.df.gov.br), central 162 ou presencialmente em qualquer ouvidoria do GDF. Se, aprovado, aguardar até 60 dias para o recebimento.

Texto: Daniela Uejo/ ASCOM RA-PP

Mapa do site Dúvidas frequentes