12 de abril

GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais
Maria da Penha ONLINE Governo do Distrito Federal
4/04/23 às 14h45 - Atualizado em 4/04/23 às 14h45

Pessoas com comorbidades podem tomar a vacina bivalente

COMPARTILHAR

A partir desta terça-feira (4), pessoas maiores de 12 anos com comorbidades poderão receber a dose de reforço com a vacina bivalente. Desta vez, não será necessário apresentar atestado médico ou comprovante de comorbidade. O Ministério da Saúde considera a comorbidade autodeclarada suficiente para a vacinação.

Cerca de 150 mil pessoas fazem parte desse grupo prioritário, e a Secretaria de Saúde (SES) tem 160 mil doses disponíveis. “A vacinação das pessoas com comorbidades é extremamente importante, porque foi um dos grupos que apresentou mais casos graves durante a pandemia, com hospitalização e óbitos”, lembra a gerente da Rede de Frio Central da SES, Tereza Luiza Pereira.

A vacina bivalente está disponível em mais de 90 locais, com atendimento das 8 às 17h. A lista das comorbidades elegíveis para vacinação e os pontos de vacinação estão disponíveis neste link

Confira, abaixo, a quem se destina a primeira fase da vacinação com a Pfizer bivalente.

→ Maiores de 60 anos
→ Trabalhadores da Saúde
→ Gestantes e puérperas (condição das mulheres até 45 dias após o parto)
→ Trabalhadores do sistema prisional e do sistema socioeducativo
→ População carcerária
→ Adolescentes em cumprimento de medidas socioeducativas
→ Pessoas a partir de 12 anos que se encontram em instituições de longa permanência, vem como trabalhadores desses locais
→ Imunocomprometidos com pelo menos 12 anos de idade
→ Pessoas maiores de 12 anos com comorbidades
→ Pessoas com deficiências permanentes com pelo menos 12 anos
→ Comunidades indígenas, ribeirinhas e quilombolas.

*Com informações da Secretaria de Saúde / Agência Brasilia
Foto: Sandro Araújo/Agência Saúde

Mapa do site Dúvidas frequentes