28 de novembro

GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais
27/06/22 às 10h36 - Atualizado em 27/06/22 às 10h41

Saiba tudo sobre os Informativos Epidemiológicos da Dengue no Distrito Federal

COMPARTILHAR

A dengue é uma doença viral transmitida pela picada do mosquito Aedes aegypti. Anualmente são registrados em média 50 milhões de casos em todo o mundo. O vírus é transmitido pela picada da fêmea do Aedes aegypti, um mosquito urbano e diurno que se reproduz em depósitos de água parada.

Tratamento

Como a dengue é uma doença viral, o tratamento é feito para aliviar os sintomas, por meio da prescrição de antitérmicos, ingestão de líquidos e repouso. Portanto, ao primeiro sinal dos sintomas, procure um médico ou o serviço de saúde mais próximo de você.

Prevenção

Não existem medicamentos contra o vírus da dengue nem uma vacina preventiva. Logo, a medida mais efetiva é a eliminação das condições de reprodução do mosquito, mantendo o espaço sempre limpo e eliminando os possíveis acúmulos de água.

Link

Tudo sobre a Dengue no DF

Importante

Os fatores de risco individuais, tais como idade, etnia, presença de comorbidades e infecção secundária podem determinar a gravidade da doença. Crianças mais novas, particularmente, podem ser menos capazes que adultos de compensar o extravasamento capilar e estão, consequentemente, em maior risco de choque por dengue. Também dentro do grupo em maior risco estão indivíduos acima de 65 anos, pois são mais vulneráveis às complicações por possuírem sistema imunológico menos eficiente, pela possível existência de doenças associadas e até pelo fato de se desidratarem com mais facilidade. Até a SE 08 de 2022, foram confirmados 147 casos de dengue com sinais de alarme (1,70% do total de casos prováveis) e 15 casos graves (0,17% do total de casos prováveis). Nesse período não foram registrados óbitos.

*Com informações da Secretaria de Saúde do Distrito Federal.

Mapa do site Dúvidas frequentes