25 de setembro

GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais
28/01/21 às 18h36 - Atualizado em 28/01/21 às 18h36

Sinalização da Igrejinha da 307/308 Sul é renovada

COMPARTILHAR

O DER/DF realizou, nesta quarta-feira, 27/1, a substituição da sinalização vertical próxima à Igrejinha Nossa Senhora de Fátima da 307/308 Sul. Além da sinalização em frente ao templo, tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), também foi realizada a instalação do totem com informação turística próxima ao local.
Por conter peculiaridades de design e integração com as escalas urbanas da cidade, a Sinalização Urbana de Brasília foi reconhecida pelo MoMA (Museu de Arte Moder de Nova Iorque) e uma réplica do totem instalado hoje, próximo a Igrejinha, integra o acervo permanente do museu internacional.


“O reconhecimento de uma peça artística em um dos principais museus do mundo é motivo para que tenhamos um zelo especial com esse patrimônio da nossa cidade”, declarou o superintendente de operações do DER, Murilo de Melo Santos.

Para a administradora do Plano Piloto, Ilka Teodoro, “a Igrejinha, mais do que patrimônio histórico-cultural, é símbolo afetivo da cidade. E a placa sintetiza esta importância. Nossa história eternizada no MOMA”.
"A unidade de vizinhança número um, onde está a igrejinha, a rua da igrejinha e as demais quadras que foram tombadas em seu conjunto arquitetônico, tem uma importância muito grande para a cidade e passa por constantes ameaças à sua integridade. A chegada dessa nova sinalização só vem a contribuir para a valorização e importância de se preservar essa região como patrimônio cultural histórico do Distrito Federal e assim também o seu valor turístico", afirmou Fernando Bassit Costa, Prefeito Comunitário da SQS 308.

Texto: Ramíla Moura/ASCOM – Administração Regional do Plano Piloto com informações do DER/DF

Fotos: Emanuelle SenaASCOM – Administração Regional do Plano Piloto

 

Mapa do site Dúvidas frequentes Comunicar erros