25 de julho

GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais
19/08/20 às 17h57 - Atualizado em 19/08/20 às 17h57

GDF Presente lava as passagens subterrâneas dos eixos W e L

COMPARTILHAR

HÉDIO FERREIRA JÚNIOR, DA AGÊNCIA BRASÍLIA | EDIÇÃO: RENATA LU

| Foto: Divulgação

Enquanto a cidade se prepara para dormir, as equipes do GDF Presente agem para deixar o Plano Piloto mais limpo e organizado. No fim da noite dessa segunda-feira (17) e início de madrugada desta terça (18), funcionários do Serviço de Limpeza Urbana (SLU) do Distrito Federal iniciaram uma operação de lavagem das passagens subterrâneas sob os eixos W e L e o Eixão.

A manutenção da travessia – que garante a segurança de quem caminha a pé entre as quadras 100 e 300 – começou na Asa Sul e continua nesta noite na Asa Norte. Depois de recolhido todo o lixo descartado no chão pela população, dois caminhões hidrojatos, munidos de água com sabão e cloro a 1% de concentração, davam suporte para a limpeza em jato das passagens.

“Limpar é massa e melhora pra caramba, mas os próprios usuários deveriam ajudar a conservar enquanto os espaços não são revitalizados”, defende Beatriz Correia, de 56 anos, coordenadora de um espaço de convivência na comercial da 208 Norte.

Administradora regional do Plano Piloto, Ilka Teodoro ressalta a importância das passagens subterrâneas por atender milhares de pessoas que transitam pelas duas áreas. De acordo com ela, as ações do GDF Presente, assim como as manutenções de rotina feitas pela administração regional, SLU, CEB e Novacap ajudam a conservar os equipamentos e mantê-los limpos, apesar da depredação e sujeira promovidas por quem passa por lá. “As intervenções do GDF Presente dão visibilidade ao nosso trabalho de conservação da cidade.”

Buraco Zero na W3

Todas as ações nas passagens subterrâneas se somam a outras melhorias promovidas nas Asas Sul e Norte durante esta semana. A quadra 507 da Asa Norte, na W3, recebeu a equipe da operação Buraco Zero, mantendo a conservação do trecho com pelo menos 2 toneladas de massa asfáltica que cobriram as falhas na via. O mesmo foi feito na 701 Sul, em frente ao Setor de Rádio e TV Sul (SRTVS) e na mesma pista, próximo ao Setor Comercial Sul (SCS).

“O propósito é deixar a pista perfeita para circulação dos carros, ônibus e motos que passam por lá diariamente, eliminando riscos de acidente”, explica o coordenador do Polo Central Adjascente I, Alexandre César. A W3 também ganhou uma sinalização horizontal feita pelo Detran bem no cruzamento que dá acesso ao Hospital de Base.

 

Mapa do site Dúvidas frequentes Comunicar erros