20 de junho

GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais
17/11/18 às 16h04 - Atualizado em 27/12/18 às 15h25

Solenidade de Juramento à Bandeira na RA-I é inédita

COMPARTILHAR

Pela primeira vez, generais do Exército estiveram presentes na solenidade de Juramento à Bandeira na Administração Regional do Plano Piloto (RA-I).

Nesta quarta-feira (14), o Chefe de Gabinete, Alexandre Grangeiro, que representava a administradora Riane Vasconcelos, estava acompanhado dos generais do Exército, Ângelo Kawakami Okamura e João Denison Maia, durante a cerimônia, realizada no auditório da Administração, em Brasília.

Grangeiro ressaltou o fato inédito da participação e agradeceu a presença das altas patentes na importante manifestação patriótica na RA-I. O Juramento à Bandeira é uma cerimônia durante a qual se jura, perante o estandarte nacional, lealdade e compromisso com a pátria mãe.

“Hoje tive o privilégio de representar a Administração do Plano Piloto na cerimônia de juramento da bandeira e entrega de certificados de dispensa do serviço militar a 70 jovens”, disse o chefe de gabinete.

Grangeiro transmitiu a sua emoção, classificando de “arrepiante” participar do Juramento à Bandeira e se manifestou assim em uma rede social no mesmo dia:

“Foi uma experiência única… que me emocionou em vários momentos. Primeiro pela honra de representar minha chefe e competente Administradora Riane num evento cívico tão importante do nosso país. Segundo pela admiração que sempre tive pelas forças armadas, desde jovem quando sonhei ser piloto da força aérea, o que acabou não se concretizando.

“E terceiro pela presença de 2 Generais,  fato inédito nesse tipo de evento, ao meu lado e que me trataram com muita atenção e simpatia. Eles e todos os demais militares que estavam compondo o cerimonial.

“E quarto pela disciplina, organização e respeito hierárquico que os militares apresentaram durante todo o evento, entre eles, comigo e com os jovens que ali estavam sendo dispensados.

“Em suma… foi arrepiante e ficará marcado na minha carreira profissional.”

Confira a íntegra do texto do Juramento Bandeira:

“Incorporando-me ao Exército Brasileiro, prometo cumprir rigorosamente as ordens das autoridades a que estiver subordinado, respeitar os superiores hierárquicos, tratar com afeição os irmãos de armas, e com bondade os subordinados, e dedicar-me inteiramente ao serviço da Pátria, cuja Honra, Integridade, e Instituições, defenderei com o sacrifício da própria vida.”

Flagrantes da cerimônia de Juramento à Bandeira no auditório da Administração Regional do Plano Piloto (RA-I)

 

Mapa do site Dúvidas frequentes Comunicar erros